Este é um blog de opinião. As postagens escritas ou selecionadas refletem exclusivamente a minha opinião, não sofrendo influência ou pressão de pessoas ou empresas onde trabalho ou venha a trabalhar.

domingo, 22 de março de 2009

Fotos para a História (Cruzeiro do Sul)

As duas fotos abaixo pertencem ao acervo pessoal do amigo Altevir Moraes e a legenda é um mero detalhe.
Elas falam por si e principalmente para os saudosistas. Para a maioria, inclusive eu, será uma surpresa.
Ao divulgar as fotos, creio estarmos (Altevir e eu) contribuindo para a História de Cruzeiro do Sul.
O fim deste blog nunca foi e nunca será financeiro e por isso mesmo não esperamos vê-las numa moldura dependuradas à venda. O destino é a História, não a comercialização.

A primeira delas é do ano de 1968 e mostra a Praça de Táxi antigamente. Altevir faz questão de dizer que era a “Praça de Rural”, em referência aos veículos, que era separado dos outros veículos como Fusca, Brasílias e outros modelos que circulavam apenas no verão e mais pelo centro. Para agüentar a lama e repuxo do inverno só mesmo se o veículo fosse traçado.
Uma informaçao extra: Todos os veículos deveriam ser registrados na "Delegacia de Trânsito" , que é a Ciretran hoje. A delegacia era comandada pelo Cassiano.
Os motoristas são (da esquerda para a direita): Zé Lopes, Altevir Moraes (dono da foto e meu informante), Nelson do Vergílio, Caíco, Zeca Muniz e Lalau (Nicolau Cândido de Aero Willys).
O casario atrás era parte do comércio e a partir da esquina, subindo: 1 – Raimundo Vieira; 2 – Juruá Bar, de Agamenom; 3 – Casa Pernambucana, onde hoje é a CEF; 4 – Casa Badarane, de 1928 e ainda preservada; 5 – Residência da Dona Clarinda; 6 -Comércio de Moacir Rodrigues; e 7 – Comércio de Jamil Jereissatti.

A foto nº 2 é possivelmente de 1974 e mostra o centro ainda sem pavimentação (só a partir de 75 e em tijolos), a Catedral, o Mercado Público, a Praça de Táxi (Jipes, Corcel, Fusca, Brasília, etc), um ônibus da Expresso Batista na parada e bem na esquina, no segundo piso, uma placa de consultório odontológico, segundo Altevir, seria do Dr. Sales. Um cidadão caminha tranquilamente pelo meio da rua.

Um comentário:

francisco das chagas de almeida disse...

EM UMA VISITA AO BLOG DA PETA,FIQUEI SABENDO O QUE ANDA ACONTECENDO COM O PESSOAL DA SUCAM,É IMPRESSIONANTE COMO NÃO FOI FEITO UM ESTUDO,SOBRE O IMPACTO QUE AQUELE PRODTUTO PODERIA TRZER A HUMANIDADE USUÁRIA,É BRINCADEIRA,OU MELHOR FALTA DE SERIDADE MESMO!!!!!