Este é um blog de opinião. As postagens escritas ou selecionadas refletem exclusivamente a minha opinião, não sofrendo influência ou pressão de pessoas ou empresas onde trabalho ou venha a trabalhar.

domingo, 1 de março de 2009

Escola Professor Flodoardo Cabral (FOTO-HISTÓRIA)

Amanha deverá estar começando finalmente as aulas na “Escola Técnica”, mais conhecida como Escola Professor Flodoardo Cabral.
Foi a escola de Ensino Médio que escolhemos para a nossa filha Ana Luísa. Foi ali que em 1992, Helena e eu decidimos enfrentar juntos, o que era apenas uma possibilidade – o futuro.
Com nossa filha ali, será de certa forma, um retorno nosso à escola que dá nome ao nosso bairro vizinho.
Para marcar esse "retorno", escolhi duas fotos:
Uma da inauguração em 1969, com Dom Henrique Ruth discursando observado por dois Irmãos Maristas que dirigiriam a escola nos primeiros anos numa parceria da Prelazia com o Governo do Acre, ali representado pelo chefe maior, o Governador Jorge Kalume.
A outra, da década de 80, é a minha memória mais antiga do Colégio Comercial quando tinha apenas Magistério (que escolhi) e Contabilidade (que fugi temendo a matemática).


Um comentário:

Luíz Alcinei / Manaus-Am, disse...

Era o ano de 1985 qdo cheguei no CPFC, ex seminarista, jovem c 16 anos e sonhador, tinha saído do seminário pelo reitor entender q eu n tinha vocação p o sacerdócio, talvêz ele tivesse razão, ainda estava um pouco frustrado pelo ocorrido, porém iria encarar o 2º ano Magistério no CPFC, foi muito difícil a adptação, afinal tinha sido acostumado a ordem, hierarquia e disciplina de um internato. Minha sala de 35 alunos, só tinha 4 homens, o restante só de mulheres e p surpresa minha 95% mãe de famílias e já eram professoras, surpresa maior, foi encontrar quem um dia tinha sido minha alfabetizadora, fiquei boquiaberto, prof. Madalena filha do Sr. Murilo de PW e q na época eu sonhava com sua imagem, doce, meiga, esguia e bela, sonho de pré adolescente, imagine só...
No CPFC, fiz parte do Grêmio Recreativo, junto com Henrique Presidente e hoje 2º informações, um conceituado Dep Fed. p/ Acre.
O 3º ano foi mais fácil já estava mais adaptado e não só achava q tudo estava errado. Lá n tive grandes paixões amorosas, como no seminário, mais aí, é outra história. Enfim me formei e optei por fazer a formatura em PW, junto c/ a turma de 86 em concordância com a Diretoria do CPFC e Borges de Aquino, junto com meu irmão Cida q tbm se formava no 1º Grau. Foi uma festança, meu pai matou um boi e até veio alguns familiares de CZS, recetemente vi algumas fotos dessa data. Só sei q foi um dos dias mais felizes e radiante da minha vida.
Um abraço, meu irmão, primo e amigo por me trazer de volta.