Este é um blog de opinião. As postagens escritas ou selecionadas refletem exclusivamente a minha opinião, não sofrendo influência ou pressão de pessoas ou empresas onde trabalho ou venha a trabalhar.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Mercenários 3 x 0 Zimbabwe


Pode até ser intriga de argentino, mas o diário “Olé”, arriscou que a CBF teria recebido R$ 3.298.000 para disputar a partida de hoje contra a “perigosíssima” seleção do Zimbabwe. Mas não foi apenas o “Olé” que dedurou a exploração, notícia semelhante foi publicada no francês “L’Equipe.

Até aí tudo bem, a CBF pode e deve ganhar dinheiro com a seleção, afinal tem em mãos um ótimo produto e o futebol há tempos deixou de ser um esporte apenas, para tornar-se uma marca do capitalismo. Mas aceitando o dinheiro de um país pra lá de conturbado politicamente, que é um dos mais miseráveis do mundo, um dinheiro que certamente sai do bolso dos milhões de infelizes zimbabuanos, nossos dirigentes e representantes do futebol brasileiro marcaram um golaço contra. Foram no mínimo mercenários.
 
Para quem não sabe, ou já esqueceu, o Zimbabwe, ou Zimbaué (do xona Zimbabwe, "Casa de Pedra") é um país africano que já foi conhecido por Rodésia. Tem fronteiras com Zâmbia, Moçambique, África do Sul e Botswana. A capital é Harare de quase 2 milhões de habitantes. Pelos indicadores econômicos de lá confrontados aos do Brasil, podemos perceber e nos indignar com a odiosa ambição dos mercenários da CBF. Vamos aos números:

Mortalidade infantil (para mil nascimentos): Brasil - 19,3 / Zimbabwe - 58,0
Expect. de anos vida da população: Brasil - 72,4 anos / Zimbabwe - 43,5 anos
Renda per capita: (é a soma da riqueza do país dividida pela população): Brasil - US$ 10.296 / Zimbabwe -  US$ 268,00
Produto Interno Bruto (PIB): Brasil - US$ 1,995 trilhão (o Brasil é o 8º) / Zimbabwe - 2,210 bilhões (é o 99º)
Indice de Desenvolvimento Humano (IDH): Brasil -  0,813 (é o 75º, considerado elevado) / Zimbabwe -   0,513 (é o 151º, considerado médio)

Posição no ranking de seleções da Fifa: Brasil – 1º / Zimbabwe – 110º

Por essas e outras é que às vezes tenho vergonha de ser brasileiro, ou o que é mais sensato, tenho vergonha dos nossos representantes.  

Um comentário:

Luíz Almeida disse...

Como já dizia um certo filósofo, "Cada nação, e ou povo merece o governo que tem". É verdade, a muito tempo o futebol deixou de ser um mero esporte p se tornar uma das forças motriz do capitalismo, pagam verdadeiras fortunas por homens que não vale tal valor. Mais fazer o que???
Segundo a história, os imperadores Romanos iludia o povo com pão e jogos, o que não é muito diferente de agora, só o modernismo que com a tecnologia hoje é mais evoluído.
O Continente africano vai continuar miserável, mais eles preferem gastar milhões com uma copa, do que educar o povo e melhorar a vida dos mesmos, assim como no Brasil. Eu não concordo, mais milhões concordam...
A propósito, a placa de construção da Arena da Amazônia em Manaus p copa de 2014, está estampando o valor da obra na bagatela de R$ 499.000.000,00 te viu???