Este é um blog de opinião. As postagens escritas ou selecionadas refletem exclusivamente a minha opinião, não sofrendo influência ou pressão de pessoas ou empresas onde trabalho ou venha a trabalhar.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Se for amanhã... talvez dê tempo.

Se você não tem ainda uma foto com o Marechal Thaumaturgo de Azevedo diante da Catedral de Cruzeiro do Sul, avexe o passo, pois daqui a cinquenta anos você precisará provar aos seus netos e bisnetos que ele já esteve por ali.

Ano passado quiseram derrubá-lo. Ele quase caiu. Como uma maldição, todos os seus esforçados inimigos é que caíram pela falta de votos. Mas agora...

Agora, acredito que não haverá como salvá-lo.
Não haverá um ato de heroísmo, algo como um manifestante, um historiador, agarrado à estátua para impedir a retirada.

O que eu tenho a ver com isso? Apenas um pouco de orgulho ferido.

É que aos pés daquela estátua havia uma caixa lacrada cuidadosamente por especialistas do Departamento Histórico e Cultural do Estado do Acre contendo documentos de mais de um século, da data de 28 de Setembro de 1904 quando da Fundação da Cidade de Cruzeiro do Sul.

É que durante as comemorações do Centenário em 2004, ela foi aberta (conforme previsto em 1954 no Cinquentenário para ser aberta novamente apenas em 2054) e acolheu mais alguns documentos do período entre eles a Revista do Centenário e nela um conto de minha autoria chamado "Chico Finado"(publicado em Quatro Colinas) e outro do saudoso amigo Amarino Sales, outro do João Mariano, outro do Padre Trindade...

Howard Carter (que vilipendiou a tumba do Faraó Tutankhamon em 1922) se envergonharia da façanha.

Deve ser orgulho ferido mesmo, mas falo com a autoridade de quem frequentou uma universidade e tem pendurado na parede um diploma de historiador...


E pra quê? Para ficar calado?

Tem nada não, deixa pra lá..., apesar de que pensando bem, eu também não tenho uma foto ali.

Pesquei uma no blog do Edvaldo.

2 comentários:

Jabor Theina Silva disse...

Coisa digna de um político sem cultura.
Quer fazer alguma coisa em benefício da população senhor prefeito ?
Então dê um vassoura para cada um desses trabalhadores que estão quebrando esse monumento(feito ás custas de nossos impostos),para que possam varrer as ruas do centro da cidade,que estão fazen do vergonha.
E ainda tem alguns locutores de uma rádio local,a favor deste gasto público,que só leram as mensagens a favor da retirada,como se "todos cruzeirende fossem a favor" da construção de estacionamento.Estranho não ?Esqueceram que a maioria dos Cruzeirense não tem veículo para "ir à missa" e outros não vão à missa porque professam outras religiões.

Télegrafo

Paulo disse...

Olá camarada. Faço minhas suas observações! Fiz minha parte. Votei de acordo com minha consciência! Votei NÃO. Forte abraço.

Paulo Soriano.