Este é um blog de opinião. As postagens escritas ou selecionadas refletem exclusivamente a minha opinião, não sofrendo influência ou pressão de pessoas ou empresas onde trabalho ou venha a trabalhar.

sábado, 24 de julho de 2010

Muricy está certo...

A recusa de Muricy Ramalho em assumir o comando da Seleção Brasileira de Futebol me deixou preocupado. 

A Seleção Brasileira perdeu de vez o respeito. Se já não bastasse a falta de respeito dos adversários e de alguns "craques" brasileiros em se recusarem a jogarem pela seleção, agora é a vez dos técnicos. 

Pelo que me lembro é a primeira vez que um técnico recusa o cargo. Calcule a importância da Seleção Brasileira! Vale menos que o Fluminense, pode?

No caso de Muricy, por soberba ou humildade, e quem sabe até, por esperteza. Assumindo a Seleção agora, logo depois do fracasso(anunciado) do Dunga, dificilmente um técnico ficará até a próxima Copa do Mundo. 

Dunga tem um retrospecto fantástico. Perdeu apenas 6 partidas em 60 disputadas, mas perdeu duas quando não poderia perder, uma na Olimpíada e outra na Copa do Mundo. Copa América, Copa das Confederações, amistosos, não valem nada. A Espanha também perdeu uma partida na Copa, quando poderia perder, e é campeã do mundo, o Brasil goleou quando até poderia perder, e hoje...

O que vale no futebol profissional é o resultado final. Por isso, acredito que o novo técnico da seleção, seja lá quem for, dificilmente será o mesmo da Copa de 2014. Sua permanência à frente da Seleção dependerá da cor da medalha olímpica em 2012. Se for ouro, ele fica, do contrário estará fora.

A "era Dunga" na seleção causou um tremendo prejuízo. O futebol brasileiro, apesar de consagrado mundialmente com cinco títulos mundiais, ainda não venceu uma olimpíada, e Dunga perdeu duas(84 jogando e 2008 como treinador), mas o fracasso recente nos faz esquecer a olimpíada de 2008.

Muricy está certo, depois de ganhar tudo pelo São Paulo, conseguiu colocar o Fluminense no topo da tabela do Campeonato Brasileiro e é tão esperto que disse NÃO ao Ricardo Teixeira. Ele deve saber que quem começar agora pode não ter fôlego para 4 anos.  Então, vamos queimar o Mano, e depois...quem sabe.

Um comentário:

Jairo Nolasco disse...

Prezado Franciney,

O Mano Menezes é o novo Dunga.Tem um bom caráter, é serio, competente, mas também é um retranqueiro nato.É o tipo de treinador que põe o time em campo para não perder, ao invés de procurar a vitória a todo custo.Tal como o antigo treinador da canarinho, enquanto o time está em vantagem no jogo ,ele é muito competente.Porém, quando o time precisa vencer ou superar um placar adverso, se mostra um fracasso.É só verificar sua trajetória à frente do Corinthians, para se confirmar essa tese.
Só espero que ,sinceramente, ele não tenha tanta sorte como o Dunga e vença quando não é preciso e assim se arraste até a copa.
Ou então, quem sabe , na seleção ele deixe de ser tão medroso e resolva montar uma seleção ofensiva, como sempre foi o futebol do Brasil.
Caso contrário, um novo fracasso nos aguarda.
P/S: Quem deve ter adorado mesmo foi presidente do Timão, que se livrou de uma mala sem alça, que não dava motivo para ser despedido.