Este é um blog de opinião. As postagens escritas ou selecionadas refletem exclusivamente a minha opinião, não sofrendo influência ou pressão de pessoas ou empresas onde trabalho ou venha a trabalhar.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

O sorriso da Monalisa

Certas imagens dispensam a legenda e são impossíveis de se ignorar. Foi postada no site Tribuna do Juruá e é o retrato da descrença na justiça. 
O cidadão comum, que não pode andar armado, que acredita na paz, que vai à igreja, que é roubado sem perceber quando paga imposto, apenas desconfia que a cadeia só é ruim para quem, mesmo errando, tem ainda um pouco de vergonha e se arrepende amargamente dos seus crimes. Na maioria dos casos, o crime é apenas uma oportunidade de se atingir o estrelato. De que outra maneira um elemento desses se destacaria socialmente?

"A lei (agora) está em conflito com o cidadão", por isso ele ri, se diverte com a situação e seu sorriso é uma vergonha para todos nós. A frustração de alguns desses "cidadãos" é que já não se pode mais chamá-los de bandido. Receber o título de "bandido" é para alguns como a conquista de um mandato, fazer o gol do título. Dá status, deve ter suas vantagens, só pode ter... 

Para um homem, estar algemado deve ser algo terrível, para o cidadão acima, parece não incomodar.

Gordo, roliço, estiloso, contrastando com a "cara de assombração" dos trabalhadores braçais que encontramos em qualquer lugar a um simples olhar acabrunhados pelo trabalho. 

Assaltar (parece que é  nisso que ele trabalha) não deve ser um trabalho muito digno, mas certamente deve ser mais vantajoso que plantar roçado, ensinar crianças, trabalhar num posto de saúde, correr atrás de bandido... 
  
Eis o sorriso da Monalisa. Uma obra-prima dos políticos. Retrato fiel da nossa justiça brasileira. 

Com um sorriso desses, nojento e debochado bem que poderia facilmente pleitear uma vaga de vereador  ou prefeito em Cruzeiro do Sul nas eleições deste ano.

Um comentário:

Almeida Sampaio disse...

Combatente!!! Não precisa nem comentar, sua postagem já diz tudo... Mais tbm, os tais de políticos q colocamos, passam o ano defendendo-se a si mesmos... cpi p cá... cpi p lá... e tudo indo p debaixo do tapete. Não se vê nenhum preso c essas cpi's.