Este é um blog de opinião. As postagens escritas ou selecionadas refletem exclusivamente a minha opinião, não sofrendo influência ou pressão de pessoas ou empresas onde trabalho ou venha a trabalhar.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

A VITÓRIA DE MATUSALÉM

Não sei avaliar ainda o que a vitória de José Sarney para a presidência do Senado representa de retrocesso para a política nacional. Quando penso em Sarney penso em inflação, fome, carestia, sofrimento... Tudo bem que o presidente do senado não interfere diretamente nos planos econômicos, mas fica o alerta: Grandes temporais se anunciam com uma leve brisa.

O tempo tem sido o cemitério dos profetas, e eu não gostaria de me tornar profeta, pelo menos por enquanto. Mas, observando um pouco a ousadia de que o povo norte-americano foi capaz com a eleição de B. Obama, percebo o passo atrás que os velhinhos do senado federal deram, ao escolher outro velhinho para comandar aquela casa ao invés do Senador Tião Viana.

Taí, apenas para contrariar ou confirmar a minha tese de que a política deveria ser entregue aos jovens, e que nela, assim como na carreira profissional de qualquer funcionário público (um político não é por acaso um servidor público?) deveria chegar o dia da aposentadoria e os velhos se dedicassem aos netos, aos cachorros, a dar entrevistas para os historiadores e não ficassem apegados aos cargos feito um apuí, que é a pior espécie de parasita que existe. Seria, pois, contraditório se os velhinhos escolhessem um jovem para comandá-los.

Tião foi derrotado não por preconceito, por ser do Acre, nao foi isso que pesou na escolha, conforme sugeriu um “especialista”, o que o derrotou, a meu ver, foi a sua juventude.
Entao, viva Matusalém!

2 comentários:

panthio disse...

É interessante como o PT caiu em uma armadilha na qual ele sabia o desvio,a derrota de Tião Viana foi toda articulada e planejada no palácio do planalto. O PT fez um acordo com o PMDB, quando na verdade só o PT foi fiel ao trato. O acordo dizia o seguinte: o PMDB apoiaria Tião Viana no senado, enquanto o PT votaria com Michel Temer na câmara, mas o que se viu foi uma senhora rasteira do PMDB nos petistas. E eu não consigo entender, como é que o PT ainda acredita em uma alinça com os peemidebistas em 2010. Quem viver verá, o PMDB abandonar os trabalhadores e marchar com os tucanos, tomara eu que esteja fazendo uma previsão errada. Agora ressucitar Sarney! um político ultrapassado que alugou cidadania amapaense para se manter na política, só o PT mesmo. Fazer o que né? se o LULA quis assim.....

Luíz Alcinei / Manaus-Am, disse...

Tenho tentado me manter longe da política e de comentários, é difícil, cada vez me enoja mais os conchavos, homem nenhum tem peito p governar de acordo com sua convicções. Como dizia um certo filósofo: Cada nação merece o governo q tem. Uma grande verdade, por isso a nossa vive mergulhada nesse mar de lama, sendo maquiada por estatísticas ilusória.
Igual a estória do rei muito vaidoso, q desfilava nú e achava q estava vestido com o mais fino e puro linho.....