Este é um blog de opinião. As postagens escritas ou selecionadas refletem exclusivamente a minha opinião, não sofrendo influência ou pressão de pessoas ou empresas onde trabalho ou venha a trabalhar.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Sinceramente, com a BR-364 trafegável você melhorou de vida?

Há cinco meses tenho me questionado quanto a isso. 
Sempre acreditei que com o tráfego liberado de inverno a verão, com a rodovia trafegável mesmo durante o inverno as coisas por aqui melhorassem. Que o custo de vida diminuísse, que a carestia e o sorriso de desdém dos empresários cruzeirenses arrefecesse. Nada disso aconteceu. Pior, silenciosamente ele tem aumentado.

A triste conclusão tem a capacidade de me fazer perder umas das pouquíssimas ilusões que me restavam. 

E agora, o governo fez um enorme esforço para tirar o Juruá do isolamento, o povo reconhece o esforço,  aplaude, mas existe um problema. Nossos empresários são mercenários e cruéis.

Antes, quando a única forma de abastecimento no inverno era o rio, os comerciantes enfrentavam maiores dificuldades. A maior delas era tirar o máximo sem escandalizar demais. 

Hoje, que os caminhões, mesmo os pequenos, abastecem seus supermercados com produtos da Ceasa ou do Macro em apenas 6 ou 7 horas de viagem os preços dos produtos são os mesmos praticados na época do inverno, como se a estrada estivesse fechada, intrafegável.

E ninguém fala nada, ninguém percebe nada.

A gasolina, como que por milagre ou "coincidência", na semana passada amanheceu mais cara em todos os postos do município. Coincidentemente, pois do contrário estaria configurado a formação de cartel, mas sendo "coincidência"... não há crime. 

É muito descaramento, e o dono da maioria dos postos é convidado a explicar o aumento, e ele explica, rindo da nossa inteligência..."...é que num dava mais pra segurar, e aí noís passô a diferença pro cunsumidô..."

Só esqueceram de combinar com os postos de Tarauacá (abastecidos com combustível de Cruzeiro do Sul) e assim, por não terem sido convidados para combinar a "coincidência" eles não aumentaram a deles.

Tristemente, admito que a BR-364 trafegável no inverno até Cruzeiro do Sul não refletiu em melhoria para o povo.

Lamento dizer que os pobres ainda não se beneficiaram da estrada, e mais, que nunca se beneficiarão. Todo o esforço em torná-la trafegável mesmo no inverno, agora eu percebo a armadilha, tinha uma intenção sórdida. A de tornar mais ricos os que já mandavam na cidade. Eles sim, estão usufruindo da riqueza, pois o povo não tem visto diferença de preço nas prateleiras dos supermercados. A riqueza gerada pelo menor tempo no transporte e armazenamento dos produtos não tem sido dividida com os pobres, mas também, é muita ilusão...

A estrada tem aumentado a desigualdade. Isso ninguém quer admitir, mas basta comparar custos, fretes, basta observar o silêncio que os empresários tem mantido nos últimos meses.

Nossos empresários são uns coitados endinheirados. A maioria analfabetos e inescrupulosos, por terem ascendido socialmente exercitando a exploração, consideram uma ameaça e uma temeridade, gestos de humanidade e de lucros menores.

São pessoas assim que sustentam os políticos, e ai...

O esforço não foi coletivo? Por décadas fomos iludidos como crianças por promessas, sofrendo com o isolamento, massacrados, humilhados, e para quê? 

Valeu a pena tanta privação? Até o Fundo Previdenciário do Estado foi usado, foi o sacrifício de milhares de pessoas que tornou possível a integração, para vermos alguns mercenários se dando bem... É muito sórdido.

Daqui a poucos meses a BR-364 será totalmente asfaltada, e se não for nunca, se ficar como está, inacabada, tanto faz, pois 5 meses é tempo largo para me fazer entender que sempre estive enganado. 

Talvez essa seja seu pior legado, o de me fazer perder a esperança.

3 comentários:

Jairo, o Nolasco disse...

Preço do milheiro do tijolo em CZS:
R$ 600,00.
Preço do mesmo material em Feijó :
R$ 450,00

Qual será o segredo ?

Será o nosso barro mais dourado ?

Prezado Franciney, joguei o link da postagem para o facebook para mais gente ainda ter acesso ao seu texto.

Tá certo que a maioria que frequenta a rede social mais popular do país estão mais preocupados com bobeias. Entretanto, as poucas vidas inteligente terão a curiosidade de ler o texto. Valeu.

Terra Náuas disse...

Texto ótimo amigo. Não quero dar uma de "eu já sabia", mas na verdade, eu já sabia, sim... Mas dizer isso há um ano atrás seria ser a favor do atraso. A estrada vai aumentar cas desigualdades, mais especulação imobiliária, e etc... Tem uma saída para isso: é despertar a população de seu sono de ilusão

Unknown disse...

Não tem como não lembrar do convite do meu irmão Alderlei, p que eu voltasse p CZS... Como voltar?? Depois de uma postagem dessa???
Quando foi que se viu, quem ganha dinheiro fácil querer perder a mamata?? Só sendo mesmo, rs...rs...